skip to Main Content
Crianças: Maus Hábitos E Problemas Dentários Frequentes

Crianças: Maus Hábitos e Problemas Dentários Frequentes

Odontopediatria uma especialidade fundamental da Medicina Dentária.

Sabia que o primeiro dente de leite nasce entre os 3 e 12 meses de idade? E conhece os problemas dentários que podem ocorrer logo com os primeiros dentes de leite ?

A verdade é que há muitas patologias podem ser evitadas e controladas se as suas causas forem identificadas durante a infância dos seus filhos. Não descure os dentes de leite e trate deles como se fossem definitivos, pois a forma como se desenvolvem pode ter uma grande influência na forma como os dentes seguintes nascem.

Fique a conhecer no Blog MINT os maus hábitos que levam ao aparecimento de patologias que podem surgir na infância e como as evitar ou tratar!

BIBERÃO

As cáries dentárias formam-se quando os dentes da criança estão expostos em demasia a açucares. Se calhar não se apercebe, mas o açúcar está presente em grande parte da alimentação dos seus filhos! Pode ser encontrado no leite, sumos, frutas, papas e fórmula de bebé.

As cáries dentárias que podem surgir danificam os dentes da criança e, estes danos, podem causar problemas dentários na sua adolescência ou mais tarde na sua vida adulta.

Sabemos que alguns pais deixam adormecer os seus bebés com o biberão na boca – por isso se o seu bebé tem esse hábito, deixe-lhe apenas uma pequena quantidade de água em vez de sumo ou leite, para evitar este tipo de problema dentário, que é causado pelo açúcar presente nestas substâncias. É também importante evitar dar uma chupeta com açúcar ou mel, pois também irá contribuir para um ambiente propício à formação de cáries.

CHUCHAR E MÁ MORDIDA

A chupeta e o chuchar o dedo têm uma enorme influência na forma como os dentes de desenvolvem e como crescem e nascem, pois podem empurrar os dentes incisivos para a frente e para cima.

Assim, o hábito de chuchar a chupeta e o dedo pode empurrar os dentes da criança e, por sua vez, causar uma má mordida. A má mordida é causada pelo desalinhamento dos dentes, o que pode ser um problema que leva a outras patologias se não for controlada e tratada.

Por isso é recomendado que as crianças deixem de utilizar a chupeta e de chuchar o dedo por volta dos cinco anos de idade – promovendo assim um bom crescimento dos dentes.

Se notar que os dentes da sua criança estão a ficar visivelmente tortos (empurrados para cima), consulte o seu médico dentista para que o caso seja seguido.

LINGUA E SOBREMORDIDA

Como chuchar a chupeta ou o dedo é um hábito visível, acaba por ser um hábito que é facilmente controlável. Mas quando os nossos filhos criam hábitos mais difíceis de percepcionar e não os conseguimos impedir no imediato, por vezes são desenvolvidos problemas orais mesmo de baixo do nosso nariz!

É o caso da sobremordida causada pelo empurrar dos dentes pela língua da criança. O que acontece, é que os dentes ao serem empurrados durante o seu desenvolvimento, acabam por nascer tortos e por criar espaço extra entre os incisivos superiores e inferiores. Assim, a mordida da criança fica comprometida – é uma mordida torta, deficiente, pouco saudável e que leva a outros problemas.

O empurrar da língua é uma situação que é ás vezes difícil de controlar, pois é um hábito criado pela criança e que tem muitas vezes a ver com a forma como esta engole. Por isso, tem de haver não só um processo de correcção do espaçamento nos dentes, como tem de haver um treino por parte da criança que terá de aprender a engolir de outra forma! Nestes casos se apenas for utilizado um aparelho de correcção, mas o hábito não for derrotado, os dentes podem voltar novamente a sofrer com o empurrar da língua, e por consequência, voltarem a ficar tortos.

dentes tortosPERDA E ROTAÇÃO DE DENTES

A perda de dentes na infância pode ter várias causas, como a cárie dentária, trauma dentário e pouco espaço na dentição.

Quando há um espaço entre-dentes, pode haver uma rotação dos dentes circundantes. Esta rotação de dentes, por sua vez, pode obrigar os dentes definitivos que crescem em seguida a nascer e crescer tortos. Quando os dentes nascem tortos há a possibilidade da criança vir a ter uma má mordida (ocorre quando os dentes superiores e inferiores não “encaixam” uns nos outros) e por sua vez a desenvolver uma desordem temporomandibular (também conhecido por disfunção da ATM). Esta disfunção trata-se de um mau funcionamento das articulações temporo-mandibulares e dos ligamentos e músculos da mastigação que causam ruídos articulares e dificuldade em abrir a boca. Esta disfunção pode causar dores na articulação do maxilar, dores de cabeça, dores de ouvido e mau-estar geral.

Atenção que a ATM pode ser causada por outras patologias, como é o caso do bruxismo. Se a sua criança sofre de dores faciais, de pescoço e de cabeça, marque uma consulta com o seu médico dentista, pois o seu tratamento ou cura pode ser possível através do uso de um aparelho dentário.

Assim, já sabe: esteja atento aos hábitos das suas crianças e à forma como os seus dentes estão a crescer e poderá evitar problemas dentários ao longo da sua vida. Não se esqueça de levar a sua criança com regularidade ao dentista, de maneira a que nenhum problema ou patologia que surja ao longo da sua infância fique por tratar.

Não fique com dúvidas: marque uma consulta na Clínica Mint para que o caso da sua criança seja seguido!