skip to Main Content
Mau Hálito – Prevenção Para Beijar à Vontade (Artigo)

Mau hálito – Prevenção para Beijar à Vontade (Artigo)

O mau hálito pode ser impeditivo de beijar mas por outro lado beijar pode ser benéfico para a sua saúde oral e para a sua saúde geral. Conheça os riscos e saiba como proteger-se.

Artigo em parceria para a Visão – Bolsa de Especialistas


Beijar é a forma física mais comum para expressar o seu sentimento em relação a alguém muito especial para si!

Beijar pode ser benéfico para a sua saúde oral e para a sua saúde geral. As endorfinas são libertadas quando beijamos e isso é muito bom para cada parte dos nossos corpos. Queima calorias, exercita os nossos músculos faciais e liberta tensão acumulada. Beijar pode até aumentar o seu sistema imunológico.

No que diz respeita à sua saúde oral, os beijos permitem a troca de bactérias saudáveis. Isso também leva a um aumento do fluxo de saliva que é naturalmente uma barreia protetora natural. A saliva permite lavar a sua boca, enxagua partículas de alimentos e contém iões minerais que podem reparar os seus dentes.

Nem tudo é positivo num beijo… agora vamos aos contras.

A saliva protege os seus dentes mas também atua como uma super auto-estrada para todos os tipos de bactérias que podem levar à formação de cáries e a doenças da gengiva. A transmissão de vírus também pode ocorrer ocorrendo a transmissão de algumas doenças.

Não quero de todo assustar e muito menos que evite beijar o seu amor, porque o beijo tem os seus benefícios. No entanto, existem algumas preocupações que deve ter em conta para se proteger.

 

mau hálitoVÍRUS QUE PODEM SER TRANSMITIDOS ATRAVÉS DO BEIJO

As infecções respiratórias a nível superior (garganta, boca e nariz) como constipações são facilmente transmitidas através do beijo. A transmissão acontece através de gotículas no ar ou em contacto direto com secreções do nariz e da garganta da pessoa doente.

A doença do beijo é o termo mais comum para identificar uma infeção viral chamada mononucleose infeciosa. É causada pelo vírus Epstein-Barr e transmite-se através da saliva.

 

TRANSMISSÃO DE VÍRUS MAIS GRAVES

O vírus Varicela Zoster geralmente causa varicela em crianças e adultos e herpes zoster em adultos e raramente crianças. A transmissão ocorre através do contacto direto, gotículas ou propagação no ar.

O vírus herpes simples pode ser transmitido através do contacto direto durante o beijo. A sua transmissão está mais ativa quando as bolhas se estão a formar ou entram em erupção.

 

DOENÇAS MAIS GRAVES

O vírus da hepatite B pode ser transmitido através do beijo em determinas condições, embora o sangue tenha níveis desse vírus mais altos do que a saliva. No caso do Beijo a infeção pode ocorrer através do sangramento da gengiva, feridas abertas na boca em seu redor.

 

Além disso, algumas verrugas na boca de vírus papiloma humano podem igualmente ser transmitidas através do beijo.

 

BACTÉRIAS

A doença periodontal (infeção da gengiva) pode ser transmitida através da saliva.

As bactérias que causam cáries dentárias não são encontradas na boca de recém nascidos. A boca de um bebé pode ser infetada com a saliva de outra pessoa que pode ser passada por um beijo nos lábios de alguém infetado com cárie ativa.

De qualquer forma temos que ter em mente que os beijos apaixonados são bons para a sua saúde oral!

Uma boca saudável tem na saliva substâncias que combatem as bactérias, fungos e vírus. O beijo apaixonado e prolongado aumenta o fluxo de saliva, o que ajuda a manter a boca, os dentes e as gengivas saudáveis.

Cerca de 80 por cento das bactérias na saliva são comuns a todos e 20 por cento são só suas, únicas. A troca de saliva no beijo estimula o seu sistema imunulógico a criar anticorpos contra bactérias diferentes, que o ajuda a combater uma infecção.

 

DICAS DE PREVENÇÃO

– Evite beijar quando está doente ou beijar alguém doente.

– Evite beijar ou ser beijado por qualquer pessoa nos lábios quando tem uma ferida ativa, verrugas ou úlceras na boca ou ao redor dos lábios.

– Mantenha uma boa higiene oral e visite as consultas de higiene oral pelo menos de 6 em 6 meses.

– Consulte o seu médico para abordar questões de imunidade como vacinas em dia ou regular o seu sistema imunitário com vitaminas que estejam em défice.

Se é necessária uma avaliação dentária completa antes de beijar alguém?? Não deixe que os perigos potenciais o impeçam de beijar alguém! Certifique-se que faz uma boa higiene oral… O seu amor irá agradecer por isso!

 

Artigo Visão.

Post Series: Visão - Bolsa Especialistas